Advisibrasil

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Advocacia do extremo sul do Pará clama por celeridade processual

Em protesto pacífico realizado hoje pela manhã, em frente ao Fórum da Comarca de Redenção, advogados que militam naquela região cobraram o provimento de mais juízes e servidores na Justiça. No último dia 15 deste mês, a subseção da OAB em Redenção encaminhou ofício ao desembargador Constantino Guerreiro, presidente do Tribunal de Justiça do Estado, solicitando providências nesse sentido.

De acordo com o advogado Carlos Eduardo Teixeira, presidente da subseccional de Redenção, o município e Santana do Araguaia comportam cerca de 160 mil habitantes e possuem seis Varas, sendo cinco em Redenção e uma em Santana do Araguaia. “Em regram cada uma delas (Varas) deveria contar com dois juízes: um titular e outro substituto. No entanto, atualmente, há apenas dois juízes titulares e um substituto”, lamentou.

Ao reclamar que até agora não obteve resposta do TJE/PA, o presidente da subseção de Redenção esclareceu que o protesto visa especialmente clamar por celeridade processual, de maneira que não prejudique os jurisdicionados e advogados que atuam no extremo sul do estado. “As populações de Redenção e Santana do Araguaia não suportam mais a morosidade da Justiça em nossa região”, desabafou Carlos Eduardo Teixeira.

Em dois Colégios de Presidente de Subseções da OAB/PA, essas demandas foram apresentadas pelo presidente da subseção de Redenção. Em ambas as ocasiões, a seccional oficiou o Tribunal de Justiça do Estado e cobrou soluções. Em razão do protesto de hoje, a OAB/PA encaminhará ofício ao TJE/PA para solicitar urgente reunião de trabalho com desembargador Constantino Guerreiro.

Fonte: OAB - PARÁ

Nenhum comentário:

Postar um comentário