Advisibrasil

quarta-feira, 9 de março de 2016

Presidente da OAB debate com ouvidores melhorias no Judiciário

 Lamachia reafirmou a advocacia é contrária a redução do 
horário de atendimento dos tribunais
(Foto: Lauro Rocha - CFOAB) 

Brasília – O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, reuniu-se nesta segunda-feira (7) com o Colégio de Ouvidores Judiciais, órgão que reúne representantes de quase 40 tribunais de todo o país. Na pauta, a importância das ouvidorias e a maneira como esses órgãos podem trabalhar em conjunto com a advocacia.

Participaram o encontro os ouvidores Altair de Lemos Junior (TJ-RS), Arquelau Araújo Ribas (TJ-PR), Moacyr Lobato (TJ-MG), Luís Aparecido Bortolucci (TJ-MT) e Fred Coutinho (TJ-PB).

Segundo Lamachia, as ouvidorias têm papel fundamental na estrutura dos tribunais, atuando na resolução de problemas dos cidadãos. “Podem até atuar como ‘meio de campo’ entre advogados e corregedoria, por exemplo”, afirmou Lamachia.

O presidente da OAB também debateu com os ouvidores dois assuntos de extrema importância para a advocacia: a redução do horário de atendimento de tribunais e a demora na liberação de alvarás por força de utilização de depósitos judiciais no caixa único dos governos.

“Não é possível pensar em redução de horários atualmente. Judiciário é serviço indispensável, não pode fechar as portas para os jurisdicionados”, explicou Lamachia.

Conforme o presidente do Colégio, Altair de Lemos Júnior, “o advogado é indispensável à Justiça e consideramos ser fundamental que a OAB dê sua contribuição para que possamos aperfeiçoar ainda mais o trabalho das ouvidorias”.

Os ouvidores também convidaram Lamachia para sua conferência anual, que será realizada em agosto, em João Pessoa (PB). O Colégio de Ouvidores Judiciais reúne representantes dos 27 tribunais estaduais, além de membros de tribunais federais e militares.



Fonte: OAB Conselho Federal

Nenhum comentário:

Postar um comentário