Advisibrasil

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Presidente da OAB discute financiamento de campanhas com OEA e TSE

Rio de Janeiro (RJ) - O presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, apresentou nesta quinta-feira (19), uma ampla defesa ao fim do investimento empresarial em campanhas eleitorais e candidatos.

Na ocasião ele relatou aos participantes da X Reunião Interamericana de Autoridades Eleitorais, ocorrida no Rio de Janeiro, a atuação da OAB nos meios políticos e jurídicos para que a influência financeira deixasse de ser fiel da balança nas eleições brasileiras.

Marcus Vinicius também parabenizou o Congresso Nacional por ter mantido o veto ao investimento empresarial em candidatos e partidos. “O próximo passo é a criminalização do caixa 2 de campanhas eleitorais. Combater a corrupção eleitoral é fundamental para diminuir a corrupção na administração pública", afirmou o presidente.

Ele ressaltou que “as urnas eletrônicas são patrimônio tecnológico do Brasil e sabe-se que a vontade do eleitor é amplamente satisfeita, pois há a certeza de que os candidatos escolhidos são, de fato, os eleitos”.

A declaração foi feita durante a abertura da X Reunião Interamericana de Autoridades Eleitorais, ocorrida no Rio de Janeiro.

O evento contou com a participação do secretário para a promoção da democracia da Organização dos Estados Americanos (OEA), Francisco Guerrero Aguirre e além do presidente do Tribunal Superior eleitoral, ministro Dias Toffoli.

Fonte: OAB - Conselho Federal

Nenhum comentário:

Postar um comentário