Advisibrasil

terça-feira, 24 de março de 2015

Ouvidoria da OAB apresenta relatório na Conferência do Jovem Advogado



Porto Seguro (BA) – O ouvidor-adjunto da OAB Nacional, Gedeon Batista Pitaluga Junior, apresentou em Porto Seguro o relatório de atividades da Ouvidoria Nacional da Ordem, durante a I Conferência Nacional do Jovem Advogado.

O documento mostra a síntese das ativações à Ouvidoria separadas por assunto, setor e origem, ou seja, se a demanda se deu por telefone, atendimento pessoal, email, protocolo ou através do Fale Conosco. “A OAB é a única entidade da sociedade civil citada quase 10 vezes na Constituição Federal. A ouvidoria é importante a partir do momento em que a instituição se assume como voz constitucional do cidadão, devendo, assim, ouvir os anseios e os reclames do povo para dar-lhes solução”, apontou Pitaluga.

Leia mais:
Na apresentação do ouvidor-adjunto, ele apresentou os resultados de uma pesquisa mostrando que, entre 2013 e 2015, ao todo 32.194 manifestações foram recebidas pela Ouvidoria Nacional da OAB, sendo 13 mil somente no ano de 2014.

A finalidade da Ouvidoria é ampliar os canais de participação dos advogados, estagiários e estudantes de Direito, bem como de todos os interessados, para melhorar a qualidade dos trabalhos do Conselho Federal da Ordem e, em regime de cooperação, dos Conselhos Seccionais e Subseções da OAB. “O objetivo é colaborar para o aperfeiçoamento, a transparência e a eficácia das atividades.Vale destacar que a OAB Nacional tem sua ouvidoria integrada às ouvidorias da Procuradoria-Geral da República (PGR) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ)”, encerrou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário