Advisibrasil

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

OAB e Faculdade Zumbi dos Palmares firmam termo de cooperação

 Marcus Vinicius (C) observa a ministra Ideli assinar como testemunha do convênio
(Foto: Eugenio Novaes - CFOAB )
Brasília – Durante a posse da Comissão Nacional da Verdade sobre a Escravidão Negra no Brasil, realizada nesta sexta-feira (6) na sede do Conselho Federal da OAB, foi assinado um convênio entre a Ordem e o Instituto Afrobrasileiro de Ensino Superior, mantenedor da Faculdade Zumbi dos Palmares.

“A importância da assinatura deste termo está fundamentalmente nos esforços conjuntos para tornar públicos os fatos relevantes da escravidão negra no Brasil, período que requer esclarecimentos necessários à efetivação de uma histórica justiça”, afirmou Marcus Vinicius Furtado Coêlho, presidente nacional da OAB, que assinou o termo em nome da entidade.

Leia mais:
Pela Faculdade Zumbi dos Palmares, subscreveu o documento o reitor da instituição, José Vicente. “Alegria, satisfação e honra em inaugurar os trabalhos que se instalam nessa casa. Em nome da comunidade acadêmica, trago manifestações de extrema gratidão pela oportunidade, um acontecimento histórico para o negro brasileiro. Precisamos passar a limpo o que foi e o que ainda é a escravidão, e a Comissão será o paradigma a partir do qual iremos construir soluções”, apontou Vicente, que informou ter atingido, na Faculdade Zumbi dos Palmares, a marca de 1,7 mil jovens negros cursando ensino superior em uma instituição criada e mantida por negros.

Presente à cerimônia, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da Republica, Ideli Salvatti, destacou a iniciativa da OAB. “Além de defender os interesses e a carreira dos advogados, [a OAB] tem compromisso com a verdade e a justiça em nosso País. A instalação dessa Comissão é prova cabal disso. É impossível haver igualdade se não existir justiça”, finalizou a ministra, que foi aplaudida.


Fonte: OAB - Conselho Federal

Nenhum comentário:

Postar um comentário