Advisibrasil

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

OAB e Arquidiocese defendem reforma política em Campo Grande

                     Marcus Vinicius e Júlio Cezar com Dom Dimas Lara Barbosa, da CNBB, em Campo Grande(Foto: OAB-MS)                 
Campo Grande (MS) - Após uma série de atividades na sede da Seccional de Mato Grosso do Sul, nesta quinta-feira (29), o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, acompanhado do presidente da OAB-MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues, se reuniu com o Arcebispo Dom Dimas Lara Barbosa. Em pauta, o esforço para a coleta de assinaturas em prol da Reforma Política Democrática.

O encontro aconteceu na Arquidiocese de Campo Grande e contou com a presença do secretário-geral, Lázaro José Gomes Junior, e da presidente da Comissão de Defesa de República e da Democracia e da Reforma Política, Grezziela Saldanha.

Leia também:
O financiamento de campanhas políticas por empresas privadas é uma das principais discussões propostas pela OAB, que, juntamente com outras 100 entidades nacionais, buscam o número suficiente de assinaturas para que a proposta de Reforma seja apresentada no Congresso Nacional.

“Precisamos do apoio de Mato Grosso do Sul para chegarmos ao número de assinaturas necessárias. Estamos conversando com todas as Seccionais e o ideal é que tenhamos 1,5 milhão de assinaturas logo após o período de Carnaval”, comentou Marcus Vinicius.

Dom Dimas é o arcebispo de Campo Grande e faz parte da CNBB, a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil. Luta pela causa popular e afirma estar empenhado no movimento da Reforma Política. “Precisamos de várias reformas e queremos lançar o debate. Por isso, estamos empenhados em conseguir o maior número de assinaturas. Acreditamos que teremos novidades significativas com a aprovação dessa reforma”.

Para o presidente da Seccional de MS, Júlio Cesar, a mobilização deve envolver todos os setores da sociedade. “Vamos atingir nossa expectativa, que são 100 mil assinaturas no Estado. O trabalho é intenso e a contribuição de todos os setores é bem-vinda”, afirmou.

Com o apoio da Arquidiocese de Campo Grande, a coleta de assinaturas foi intensificada em todo o Estado. “O movimento está presente nas paróquias e igrejas. O apoio que Dom Dimas tem nos dado é essencial”, afirmou Grezziela Saldanha.

Antes de finalizar a reunião, o presidente do Conselho Federal ressaltou a importância da parceria entre a OAB e a CNBB. “Temos importantes conquistas, como a Ficha Limpa e a lei que pune a compra de votos. Precisamos unificar as entidades em prol da Reforma Política, pois só assim teremos condições de desestimular as más condutas e estimular as condutas de bem. É isso que almejamos”, afirmou.

Com informações da OAB-MS

Fonte: OAB Conselho Nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário