Advisibrasil

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Tribunal Superior do Trabalho

‪#‎NotíciasTST‬ Um motoboy que sofreu traumatismo craniano em acidente de trânsito durante o expediente terá examinado seu pedido de indenização por danos morais e materiais, mesmo não estando com capacete no momento do acidente. A decisão unânime da Segunda Turma considerou que a atividade é de risco, pois o condutor de moto está mais sujeito a acidentes que o motorista comum.
Veja a matéria: http://bit.ly/1PGOuSa

Nenhum comentário:

Postar um comentário