Advisibrasil

sexta-feira, 10 de abril de 2015

AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA DISCUTIR POLUIÇÃO SONORA, CONSUMO DE ALCOOL E DROGAS NA ORLA DA CIDADE

O presidente da OAB Santarém, Ubirajara Bentes Filho, acompanhado do secretário-geral adjunto, Edivaldo Medeiros e do conselheiro subsecional, Patryck Feitosa, reuniram na manhã da última quarta-feira (08) com o CEL QOPM Monteiro Junior, comandante do CPR1, para discutirem questões relativas à absurda poluição sonora, consumo de álcool e de drogas, disputas automobilísticas e constante exposição sexual que vêm ocorrendo praticamente todas as madrugadas, protagonizado por jovens, inúmeros deles menores de idade, que se reúnem na orla de Santarém, em frente ao Museu João Fona – antiga sede da Prefeitura -, e entorno da Praça São Sebastião. As badernas que seguem impune, além dos incalculáveis prejuízos aos moradores que são conseguem descansar à noite – em função dos aparelhos sonoros que ultrapassam os limites permitidos em lei -, afastam clientes dos estabelecimentos comerciais legalmente instalados nas mediações. Se não bastasse, as orgias sãoregistradaspelos próprios participantee exibidos amplamente nas redes sociais.

A OAB Santarém entende que a fiscalização e as providências legais não cabem somente à Policia Militar, como muitas pessoas atribuem. Para Ubirajara Bentes, “é preciso unir forças das instituições públicas para resolvermos conjuntamente essa situação que está incomodando a sociedade santarena”, por isso, “vamos realizar uma audiência pública na sede da OAB para discutirmos essa questão e encontrarmos alternativas de coibir os abusos. Ninguém é contra reuniões de jovens, mas estes têm que respeitar as leis”. Vamos atribuir responsabilidades às famílias dos menores que abusam do álcool, das drogas, se exibem nus e praticam “rachas” às proximidades do Museu”. Serão convidados para a audiência pública, que deverá ocorrer na próxima quarta-feira 15 de abril, a partir das 15h no auditório da OAB, os comandantes da Polícias Militar e dos Bombeiros Militares, o superintendente e delegados da Polícia Civil, o Ministério Público, os Conselhos Tutelares, a Juíza da Infância e Juventude, a Comissão dos Direitos Humanos e do Meio Ambiente da Câmara Municipal, o CPC Renato Chaves, Imprensa, DETRAN, SMT, secretários do Meio Ambiente e de Cultura, além de moradores da área.

Fonte: Ubirajara Bentes De Souza Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário