Advisibrasil

sexta-feira, 24 de abril de 2015

OAB ressalta a relevância de Tancredo Neves para o Brasil

Brasília – “Em todos os cargos ocupados e funções desempenhadas, era o mesmo Tancredo, ocupado com as causas nacionais. Ministro da Justiça de Getúlio Vargas,  primeiro-ministro na experiência parlamentarista brasileira, governador de Minas Gerais, presidente eleito do Brasil. Quanta falta nos faz Tancredo Neves. Há 30 anos o Brasil perdeu um democrata, estadista, republicano,  um homem equilibrado, sensato e altivo. Tancredo Neves engrandeceu o país”.

Com essas palavras, o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, ressaltou a importância de Tancredo Neves para a história do Brasil e para o Estado Democrático de Direito. “Parafraseando Tancredo”, continua Marcus Vinicius, “podemos dizer que para ele e com ele o Brasil deve ter um outro nome: liberdade”.

Em 21 de abril de 1985, há 30 anos, morria Tancredo Neves. Em 15 de janeiro do mesmo ano, o mineiro havia sido eleito, em eleição indireta pelo Congresso Nacional, o primeiro civil presidente da República após a ditadura militar. Porém, não pôde tomar posse por causa de problemas de saúde que o levaram à morte.

Fonte: OAB - Conselho Federal

Nenhum comentário:

Postar um comentário