Advisibrasil

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Conferência de Direitos Humanos: inscrições de grupos acabam dia 17/4

Brasília – Os grupos que participarão da VI Conferência Internacional de Direitos Humanos têm até o dia 17 de abril para realizar suas inscrições. Mais de 3.000 pessoas já confirmaram presença em um dos eventos mais importantes do calendário da advocacia, que acontece de 27 a 29 deste mês, em Belém do Pará. Há desconto para inscrições a partir de 15 pessoas. Após esta data, só serão aceitas inscrições individuais.

Para aproveitar o desconto para grupos, um dos integrantes deve enviar e-mail para eventosoab@oab.org.br informando o número de participantes, o seu nome completo e o e-mail de contato. Será gerado um número de voucher para a inscrição. Após feito esse procedimento, a pessoa tem 72 horas para realizar o pagamento do boleto único com todas as inscrições. O pagamento pode ser feito por cartão de crédito ou boleto bancário.

Quando houver a confirmação do pagamento, serão enviados os vouchers para o responsável, que deve distribuí-los no grupo. Cada voucher dará direito a uma inscrição individual. O valor da inscrição para grupos é de R$ 40 para estudantes de graduação e R$ 80 para advogados e outros profissionais. Cada grupo deve ser formado por no mínimo 15 pessoas. Importante ressaltar: a inscrição só é confirmada após o pagamento. Mais informações estão disponpiveis no site oficial do evento.

Evento

Sob o tema “Efetivação dos Direitos da Igualdade”, a VI Conferência Internacional de Direitos Humanos apresentará oito painéis, 12 fóruns e diversas audiências públicas, além de três conferências magnas.

A abertura do evento será ministrada pelo presidente da OAB Nacional, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, da OAB do Pará, Jarbas Vasconcelos, e da Comissão Nacional de Direitos Humanos, Wadih Namous. O presidente do STF, Ricardo Lewandowski, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, farão os pronunciamentos de abertura, seguida pela conferência magna “Memória e Verdade”, de Paulo Vanucchi, membro da Corte Interamericana de Direitos Humanos.

Na cerimônia de encerramento serão proferidas as conferências magnas “A Efetivação dos Direitos da Igualdade”, com o jurista Celso Antonio Bandeira de Mello e Ideli Salvatti, ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, além da entrega do Prêmio OAB de Direitos Humanos.

Segundo Marcus Vinicius, a proteção dos direitos humanos é matéria fundamental para o ideário da Ordem. “A defesa dos direitos humanos diz respeito ao cumprimento da Constituição da República. Temos que lutar para efetivar os direitos da igualdade racial, de gênero, de tratamento entre todos os brasileiros. Somos um só Brasil, independentemente das diferenças de pensamento, origem e raça”, avaliou.

Jarbas Vasconcelos, presidente da OAB-PA, destacou a importância do evento para a região. “Creio que essa conferência nos permitirá debater grandes temas com repercussão no direito de todo o mundo. Para nós, que militamos no interior da Amazônia brasileira, há um sentido especial: as principais violações de direitos humanos acontecem, infelizmente, nas fronteiras amazônicas. O evento lançará luzes sobre realidades para aprimorar o Estado Democrático de Direito para advogados e sociedade”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário